Pular para o conteúdo principal

Postagens

Translate

Texto 16 - Instante

  A   vida   é assim:  uma sucessão de acontecimentos.  Muitas  vezes perdemos o tempo ou  o compasso sem nem  percebermos. Em um instante é manhã e logo já  é quase madrugada. Por isso é primordial não perdemos  um só instante  do nosso tempo  para amarmos  e nos alegrarmos com  aqueles que nos são preciosos. As nuvens: o vento leva. As ondas: voltam para o mar. Enquanto isso o ar passa por nosso  sistema e assim o celebro é oxigenado  renovando as múltiplas possibilidades.                                Alice Alquimia
Postagens recentes

Texto 120 - Por causa dele sim.

  Foi por causa de Vocês todos sim, mas especialmente por causa dele que voltei no tempo para reler a história que tras à tona o personagem que desempenha  na nossa vida. Sem relutância mergulhei novamente  na releitura descompromissadamente como não pude fazer no passado.  Dessa vez assisti ao  filme e foi através  dele que identiquei a presença do Chapeleiro nele e na sua intrépida escrita e ousada forma de viver seus dias. Confesso que todos somos muito de todos os personagens como as Rainhas, o Rei, os Súditos e  os demais .  Mas coragem mesmo é ao longo da vida nos assumirmos:  Lebres,  Coelhos, Absolens, Gatos,   Chapeleiros e Alices. Por causa dele entrei no espelho e comecei a ver essa história  tão antiga de uma forma nova, e pude experimentar viver um personagem de cada vez. Por  causa da ousadia dele deixo aqui o desafio para que todos nós experimentemos as verdades de sermos quem quisermos desde que sejamos responsáveis. Releiamos o livro, assistamos o filme, mas desprovid

Texto 119 - Eu quero

 Eu quero minha   possibilidade de conjugar  no meu tempo o verbo que eu quiser  com toda liberdade. Quero viver como sempre vivi: sem amarras e sem bandeiras de sinalização por toda parte. Quero de volta o direito de abraçar ao amigo, ao conhecido e ao desconhecido sem que o medo me ponha o dedo na cara. Quero sentar na praça sem que digam que enlouqueci, ainda que louca seu seja por viver do meu jeito sem jeito. São tantos verbos presos feito nó na linha abaixo da garganta que o coração parece mais um cofre trancado por dentro. Quero sim o meu direito a todos os transitivos  e instransitivos diretos ou indiretos  que o sujeito simples, composto, eliptico e  indeterminado me proporcionarem  novamente sem medo livremente conviver.                                       Alice Alquimia Quarta-feira, dia 12 de maio de 2021 Outono no Brasil Lua Nova

Texto 118 - Só Saudade; não Basta não.

Só Saudade não basta, essa é uma grande e clara verdade. Da mesma forma que palavras vazias também não. O que faz toda diferença na vida mesmo é a associação de: Atos+Palavras+ Saudade= Amor. Essa é uma mistura boa, melhor que as os melhores bolos  ou comidinhas das Mães, das eAvós ou das dos agrados pessoas amadas. Vida é essa coisa gostosa:  de querer ficar;  mas precisar ir. De desejar ver; e contentar-se em somente ouvir. De precisar tocar; mas na verdade  alegrar-se por  poder sentir. Só saudade? Ah! não basta não.                            Alice  Alquimia Sexta-feira, dia 07 de Maio de 2021 Outono no Brasil                                                                                                                                                                         A Lua hoje está na fase quarto minguante                                                                                                                   até as 19 horas e 0 minuto do dia 11 de maio de 2021

Texto 15 - Braços em Abraços

  B raços   que envolvem, apertam  e puxam cada vez mais mais para perto o outro ou a outra; em um movimentar  de afagos,  afetos afoitos. Abraços tão singulares ainda acontecendo  em momentos e momentos. Gesto e Gestual daqueles  entre amantes predestinados  perfeitamentes amoldados  um ao outro. Braços em Abraços, entregar inteira,   sem defesa e sem lembrar  o tempo enquanto tudo  ao redor  perde o significado  e não exige mais mais razão.                                   Alice Alquimia

Texto 14 - Com beleza sempre

  O   dia   vai chegando ao fim tal qual água escorrendo entre os dedos; muitas vezes com pressa, outras não... apenas escorrem. Os encantamentos do dia já procuram as sombras para descansarem suas emoções e a magia da noite se aproxima das estrelas para de seu brilho tirarem o melhor  em noites claras  e nas noites escuras buscarem as nuvens como refúgio para seus encantamentos. O dia vai assim como que escorregando enquanto a noite vem com  certa rapidez para logo, bem logo se instalar e soberanamente reinar com a beleza de sempre e sobretudo hoje tanto o dia quanto a noite haverão de se curvar  diante da magnitude do Ser Mulher  em todas as suas faces e fases.                                     Alice Alquimia

Texto 13 - Assim Nua na Chuva

  Que    a chuva  bem vinda molhe meu corpo todo  e sem trégua e sem esquecer de nenhum lugar. Que lave assim minha carne, minha alma e também  meus sentimentos tão diversos. E que assim lavando leve para sempre e para longe tudo que me afastar de mim mesma. Que assim nua eu permaneça depois que a chuva passar. Não nua de vestes mas sim de sentimentos e atitudes que não me conduzam ao meu destino. E caso a chuva volte, será sempre bem vinda como é bem vinda essa nova era, esse novo tempo e esse novo mês. Eu os receberei com alegria assim  Nua na chuva.                              Alice Alquimia